Attilio Baschera e Gregório Kramer - Trecho #5

Lançamento do livro em novembro

junho 2020 | Design, Décor

Vânia Toledo, a incrível fotógrafa falecida recentemente, era uma grande amiga de Attilio e Gregório. Suas impressões da Larmod dão uma ideia do papel desempenhado pela loja naquele período.

Attilio e Gregório eram figuras da sociedade, amigos de amigos meus. Eu só os conheci porque morava perto da Larmod e todos os dias, quando saía para me exercitar, passava em frente à loja e morria de curiosidade, até que, um dia, entrei. Tivemos, desde esse primeiro momento, uma empatia muito grande! Passei a tomar um cafezinho na Larmod todos os dias à tarde e eles começaram a me contratar como fotógrafa — eu estava começando meu trabalho, isso já faz mais de quarenta anos!

A Larmod era um ponto de encontro: não existia lojas como aquela. Era como se as outras lojas fossem pizzarias e Larmod fosse um bistrô, um lugar harmonioso cheio de pequenos ambientes decorados que ensinavavam boas ideias de como deixar sua casa linda. Aprendi muita coisa, para não dizer tudo, na Larmod: aquilo era um novo mundo! Por ser curiosa e gostar de coisas para casa, eu já tinha alguma referência, mas uma referência francesa ou inglesa, não brasileira. E eles têm essa essência do requinte doméstico brasileiro! Eles foram o nosso Ralph Lauren — antes mesmo do Ralph Lauren! Acho que Attilio e Gregório foram os precursores, os primeiros a ensinar a mulher brasileira que a casa pode ser bonita. Eles ensinaram não somente o requinte, como receber e apresentar a casa, mas também formas de você se sentir bem na sua casa. Isso é fundamental no trabalho deles. Foi uma pedagogia, um refinamento necessário!

Vânia Toledo