Por falar em mercado

Duas novas marcas com produtos bem brasileiros estão pintando na paisagem da Gabriel, a rua do design em São Paulo. Já estavam previstas e com a abertura do comércio abrem suas portas, ainda que gradualmente. Criações exclusivas de 16 estúdios e produções artesanais, com curadoria de Clarissa Schneider, vão ocupar o espaço de 500m2 projetado por Arthur Casas para a +55Design. E, com seu reverenciado estúdio em Campina Grande, na Paraíba, Sergio J. Matos monta sua primeira loja física no espaço da Tutto a Bordo, que também abrigará a produção da estilista alagoana Martha Medeiros.

E não é só aqui…

Uma amostra, recolhida no instagram de Sergio J. Matos, de que o mundo continua girando, e nele o design made in Brasil.

Outro dia, aliás, em uma live (onde mais, atualmente?), Lissa Carmona da Etel comentou que a Índia é um mercado crescente para as peças dos grandes criadores brasileiros, históricos e atuais, representados pela empresa. Aproveitamos para procurar na rede uma pitada da arquitetura indiana atual e achamos incrível o trabalho do estúdio Brio, em especial esta “casa ribeirinha”. Que acha?

Veja como a Sight Unseen Offsite, de Nova York, está apresentando seus ambientes digitais.

E os presenciais?

Segunda-feira que vem falamos no podcast Janela sobre os eventos que avaliam ter edições presenciais esse ano, com representantes de CasaCor, DW, High Design e BoomSPDesign.

A CasaCor Rio já confirmou sua edição para novembro em um casarão no Jardim Botânico.

Yoga em banheiro assinado

E uma memória pouco convencional das últimas edições da mostra… Aproveitando a circulação como apresentadora da TV CasaCor, Marcia Carini produziu o Projeto Vida Privada, em que faz poses de yoga nos banheiros assinados. “Sempre achei curioso como as pessoas tinham dificuldade de se relacionar com esse ambiente e decidi descontextualizar todos os banheiros que encontrasse pelo Brasil.” Leia mais

Para lavar as mãos

O estúdio Alva Design se valeu da simbologia desse hábito impulsionado pela quarentena e desenvolveu a Saboneteira Circular, produto com tiragem limitada e renda 100% revertida para transexuais, travestis e profissionais do sexo em situação vulnerável. A produção ainda apoia os artesãos que produzem as peças. Leia mais  

Problemas (também) de design

A pandemia dominou todas as rodas de conversa virtual nos últimos três meses, e contando. Às vezes cansa, mas temos muito o que aprender e rever com essa situação. Para Joel Sanders, arquiteto norte-americano e professor de Yale, por trás (e para além) da crise sanitária, estamos diante de importantes problemas de projeto. A rápida adaptação dos ambientes exigiu um esforço criativo ímpar e o momento é de aproveitar o desconforto generalizado criado por novos hábitos e cuidados para rever as relações com a arquitetura e o design. Leia mais

A arte toma conta

Os espaços urbanos estranhamente vazios têm sido palco para intervenções artísticas no mundo todo, se transformando em brechas de interação e numa representação da atualidade. Em São Paulo, as fotos de Bob Wolfenson deram vida ao centro da cidade. Em Londres, foram os bailarinos do Royal Ballet.

E o cubo branco?

A produção artística contemporânea não tem fronteiras de linguagem ou suporte. Para discutir a adequação dos museus ao mundo atual, a arquitetura é peça-chave. Um pouco dessa história, e nos extras entrevista com Paulo Mendes da Rocha e uma lista com 10 museus de arquitetura “matadora”.

E por aqui, confira como será o novo normal dos equipamentos culturais.