Artigos recentemente publicados por astronautas dão dicas de como manter a mente sã no período de quarentena

Scott Kelly, hoje aposentado da NASA, passou quase um ano em uma Estação Espacial Internacional. Foto: Reprodução/The New York Times / Bill Ingalls/NASA.

Nos últimos dias, pipocaram sugestões de como manter a saúde mental durante o período de isolamento social. Dois artigos chamaram nossa atenção, um publicado pela NASA, com dicas da astronauta Anne McClain, e outro escrito pelo também astronauta – hoje aposentado – Scott Kelly, divulgado pelo The New York Times. Compartilhamos com vocês as principais dicas para garantir uma quarentena ao menos mais tranquila.

Comunicação

Seja com colegas de trabalho, amigos ou familiares, a comunicação é essencial. “A tecnologia nos ajuda mais do que nunca a manter contato. Faça isso diariamente”, escreve Scott Kelly. Anne McClain dá dicas que podem ser utilizadas com a equipe de trabalho. “Compartilhe informações e sentimentos livremente. Fale sobre suas intenções antes de agir. Ouça, depois confirme a mensagem para ter certeza de que ela foi entendida. Admita quando estiver errado.”

Rotina de trabalho e sono

Scott destaca a importância de manter uma rotina nesse período de home office. “Ter um plano ajudará você e sua família a se ajustar ao ambiente de trabalho e morada. Preservar a boa qualidade do sono também é importante. Os cientistas da NASA mostram que a qualidade do sono está relacionada à cognição, ao humor e às relações interpessoais.” Ele recomenda ainda separar tempo para as atividades físicas e as divertidas, como assistir toda a temporadas de Game of Thrones. “Balanceie trabalho, descanso e tempo pessoal. Procure ser disciplinado”, acrescenta Anne.

Tenha um hobby

Mesmo em missão no espaço, Scott conseguiu se dedicar a seu hobbie, a leitura. Mas sugerimos também acompanhar receitas e aulas de dança pelo Instagram, manter a rotina de yoga e meditação, caso você se interesse por isso. “É essencial dedicar tempo para si mesmo. Eu, que também estou em quarentena, acabei de pagar por um instrutor de guitarra online”, conta.

Já pensou em fazer um diário?

A NASA estuda os efeitos de isolamento em humanos há décadas, e uma das suas descobertas é a importância de se manter um diário. O astronauta sugere escrever nele a rotina diária, as sensações e as experiências que estão sendo vivenciadas nesse período. “Escrever ajudará a colocar suas experiências em perspectiva. Você entenderá no futuro o significado desse momento único na história.”

Ouça fontes confiáveis

Em momentos desafiadores como os quais estamos vivendo, temos de buscar informações precisas e confiáveis. Dizem os astronautas: redes sociais e outras fontes mal avaliadas podem trazer desinformação e, por isso, aumentar a ansiedade.

Estamos juntos nessa

“Vista do espaço, a Terra não tem fronteiras. A disseminação do coronavírus está nos mostrando que o que compartilhamos é muito mais poderoso do que o que nos separa, para o bem ou para o mal. Todas as pessoas estão inevitavelmente interconectadas e, quanto mais nos unirmos para resolver nossos problemas, melhor estaremos”, reflete Scott. Anne completa: “Somos todos astronautas no nosso planeta. Seremos bem sucedidos no confinamento se formos responsáveis sobre nossas ações”.

pós pandemia

O mundo pós-pandemia

Veja o que 9 influenciadores dizem sobre as mudanças que ocorrerão no futuro

Em busca do novo normal, por Shirlei Zonis

Não há nada mais presente como tema dos debates e projeções nestes dias de quarentena do que a casa

Espaços intermediários, por Shirlei Zonis

Quem está esgotado, observando o mundo de sua casa, nem imagina o quanto podem ter sido diferentes estes últimos meses para alguns