Assinadas por Britt Monti, líder de criação da empresa, as peças OMTÄNKSAM atendem também pessoas com mobilidade reduzida

Aliando beleza e ergonomia, a nova linha da Ikea desenhada por Britt Monti, diretora criativa da marca sueca, quer atender o público pouco reconhecido pelo universo do design: idosos e o com mobilidade reduzida. As peças, batizadas OMTÄNKSAM, surgiram a partir de uma experiência pessoal da designer com sua mãe. “O desenho inteligente nasce quando abordamos o mundo por meio dos olhos do outro”, disse em entrevista à revista AD Espanha. Na criação, pesou também a premissa de que, em 30 anos, 22% da população mundial terá 60 anos ou mais. No Brasil, de acordo com dados divulgados pelo IBGE em 2018, estima-se que essa fatia será ainda maior: 28%.

Fotos: Reprodução/AD Espanha

Para a elaboração dos móveis e objetos, Britt contou com a consultoria de ergonomistas, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais. Para serem funcionais ao público 60+, as peças precisaram sofrer algumas alterações. A poltrona, por exemplo, possui encosto alto, apoio lombar e travesseiro de pescoço ajustável, além de um bolso lateral para armazenar livros, controle remoto e o que mais for preciso. Para facilitar o sentar e o levantar, a posição do assento foi aplicada mais reta do que o usual, com apoios de braço mais altos.

Esse recurso foi utilizado também na cadeira, que tem encosto arredondado, mais confortável. A mesa não possui moldura, garantindo espaço livre para as pernas e possibilitando acesso para quem se locomove por cadeira de rodas. A coleção OMTÄNKSAM engloba ainda abridor de potes de silicone, vaso de fácil manuseio e calçadeira de sapato para ser usada em pé.